Academia de Música Red Bull New York / INABA

red_bull_ma_inaba (1)

A empresa INABA de Jeffrey Inaba foi requerida pela Academia de Música Red Bull para transformar quatro pavimentos de um edifício vago no bairro de Chelsea de  New York num modelo de ambiente de aprendizado. Paredes e iluminação dramática criaram um ambiente de trabalho colaborativo único no lugar de salas de aula tradicionais.

red_bull_ma_inaba (11)

Paredes curvas ao longo dos 3.530 m2 do fórum dão forma ao espaço distinto. No pavimento térreo as paredes se estendem até o antigo depósito permitindo que usuários e outros pedestres tenham amplas vistas de todo o andar. Elas revelam uma secção em corte dos tipos de atividades desenvolvidas que incluem performances, oficinas privadas, produção musical e radio difusão, revelando que o espaço é diferente em seu uso, das lojas, galerias e  cafés do complexo.

red_bull_ma_inaba (9)

Abaixo, no subsolo, as paredes arredondadas do lounge em forma de cápsula são interrompidas apenas para estabelecer as longas vistas do estúdio de gravação localizado na ponta sul até o pátio aberto ao norte. Num dos pavimentos superiores, as paredes igualmente curvas envolvem oito estúdios de música colaborativa.

red_bull_ma_inaba (1)

Uma vez que o aprendizado acontece em diferentes tipos de contextos, os dois níveis inferiores são organizados para prover uma gama de espaços para reuniões e colaborações. As áreas centrais são preparadas para receber grandes reuniões como recepções e apresentações. As pessoas podem interagir por um período de tempo estendido, em ambientes mais pessoais que incluem: um auditório com aparência de sala de estar, um estúdio de rádio, um estúdio de produção e salas de ensaio e alguns lounges.

red_bull_ma_inaba (13)

Num interior que está sendo utilizado em todas as horas do dia, a iluminação tem um papel fundamental em definir a atmosfera arquitetônica. Durante o dia, a área central  no piso térreo recebe grande quantidade de luz natural proveniente de enormes aberturas do piso ao teto, enquanto que durante a noite, é iluminado por fileiras de luzes customizadas em neon em cores quentes.

red_bull_ma_inaba (4)

A iluminação geral e acentuada com vários elementos de desataque como Luzes em LED difusas que iluminam o estúdio de rádio e um sistema programável de LED foca a luz em camadas de tubos acrílicos por sobre o bar.  No lounge do subsolo com o teto mais baixo um sistema de centenas de luzes lineares de LED criam um campo de iluminação de distribuição uniforme. Difusores curvos de luz FRG criam um ambiente intimista no auditório, enquanto as estruturas do teto suportam círculos de luz com efeitos mais teatrais. Em espaços menores e auxiliares, neons coloridos e lâmpadas diferentes são empregadas em combinação com pinturas de alta saturação.

red_bull_ma_inaba (6)

O estúdio Red Bull de New York será usado como um espaço para experimentação. O objetivo é compartilhar ideias, produzir coisas, e testar resultados. Por exemplo, o pavimento térreo servirá como espaço para realização de eventos, para o encontro de pessoas para que possam discutir e falar e em determinados momentos, servirá como estúdio de trabalho para produzir conteúdo inspirado por tais discussões, em outros momentos como uma galeria onde os trabalhos serão expostos, juntos produzindo um ciclo de feedback de julgamento e aprendizado.

red_bull_ma_inaba (14)

Projeto: INABA

Localização: New York, EUA

Ano: 2013

Área: 3.549,00 m2

Fotografias: Greg Irikura

Texto: INABATradução, Adaptação: archtendencias

Artigo Anterior destaque_agenda_concurso_mercado_floripa Concurso Nacional – Cobertura do Vão Central do Mercado Público – Florianópolis – SC
Próximo Artigo © Ketsiree Wongwan Coca Grill / Integrated Field