Café Starbucks / Kengo Kuma & Associates

cafe_starbucks_kengo_kuma_associates (1)

A Localização deste Starbucks é de alguma forma característica, por estar no principal ponto de acesso para o santuário Dazaifu Tenmangu, um dos mais importantes do Japão. Fundado em 919 AC, O templo é adorado como ”The God for Examination”, e recebe cerca de 2 milhões de visitantes por ano, que desejam sucesso.

cafe_starbucks_kengo_kuma_associates (4)

Ao longo do caminho principal para o santuário, há edifícios tradicionais japoneses com um ou dois andares. O projeto teve como objetivo criar uma estrutura que harmoniza com essa paisagem urbana através de um sistema único, tecendo finas peças de madeiras diagonalmente.

cafe_starbucks_kengo_kuma_associates (3)

O edifício é composto de 2.000 peças esbeltas de madeira com tamanhos entre 1,3 e 4 m de comprimento e seção de 6 cm. O comprimento total das peças de madeira chega a alcançar aproximadamente 4,4 km. Nós tínhamos experimentado o entrelaçamento dos elementos para o projeto do Chidori e o GC Prostho Museum Center Research, e desta vez tentou-se o entrelaçamento diagonal, a fim de criar um senso de direção e fluidez.

cafe_starbucks_kengo_kuma_associates (9)

Três elementos são unidos em um ponto no Chidori e GC Prostho Museum, enquanto que no Starbucks são unidas quatro peças em um ponto em diagonal – uma articulação mais complexa.

cafe_starbucks_kengo_kuma_associates (12)

Resolvemos o problema mudando ligeiramente a posição dos nodos, dividindo os quatro elementos em dois grupos para evitar a concentração em um único ponto. O empilhamento de pequenas partes a partir do solo teve um grande desenvolvimento na arquitetura tradicional do Japão e da China. Desta vez, o método foi aprimorado em combinação com o melhor da tecnologia, de modo que as pessoas são acercadas ainda mais à arquitetura. É um fluido, o espaço numa caverna.

cafe_starbucks_kengo_kuma_associates (8)

Projeto: Kengo Kuma & Associates

Localização: Dazaifu, Fukuoka Prefecture, Japão

Ano: 2008

Fotografia: Masao Nishikawa

Texto: Kengo Kuma & AssociatesTradução, Adaptação: archtendencias

Artigo Anterior © FG + SG Ampliação do Museu Marítimo de Ílhavo / ARX Portugal
Próximo Artigo © Nelson Kon Praça Victor Civita – Museu Aberto da Sustentabilidade / Levisky Arquitetos | Estratégia Urbana