Câmara Municipal Do Seixal / Nuno Leónidas Arquitectos

Os paços da Câmara Municipal Do Seixal, em Seixal, Portugal, localizam-se num terreno com acentuado declive na direção leste-oeste e constitui um conjunto, que além de disponibilizar instalações à presidência da câmara e serviços técnicos, alberga cerca de 700 funcionários municipais.

camara_municipal do_seixal_nuno_leonidas_ arquitectos (6)

Foram projetados dois corpos articulados por um átrio de chegada e distribuição. os corpos possuem três níveis acima do solo, estando ligados ao leste nos dois primeiros.

camara_municipal do_seixal_nuno_leonidas_ arquitectos (5)

Estes corpos desenvolvem-se no sentido do declive tendo as principais fachadas orientadas a norte e a sul, situação privilegiada em termos de orientação solar, o que permite ter grandes vãos envidraçados com pouca proteção.

As fachadas leste e oeste são compostas por superfícies opacas com pequenos vãos protegidos do sol por elementos horizontais em balanço.

camara_municipal do_seixal_nuno_leonidas_ arquitectos (11)

O átrio é o espaço de chegada e de atendimento. Constitui a tradicional praça cívica das antigas cidades, porém, numa abordagem contemporânea. Com grande transparência a norte e oeste o projeto é limitado no extremo noroeste pelo volume do auditório, a peça “dissonante” do conjunto, que acentua o seu carácter autônomo em relação as áreas de serviços.

camara_municipal do_seixal_nuno_leonidas_ arquitectos (7)

Este volume pousa sobre um espelho de água, “alimentado” pela água que escorre pela fachada do átrio, junto à área de estar. Acentua-se, assim, o efeito da presença da água que se prolonga na ampla vista para a baía do seixal.

camara_municipal_do_seixal_nuno_leonidas_ arquitectos (1)

A linguagem arquitetônica proposta, embora sendo contemporânea pelo seu rigor formal e simplicidade, marca o carácter institucional do conjunto.

Em termos operacionais, os dois blocos de escritórios obedecem a uma filosofia inteiramente modular, em que estrutura, fachadas  instalações, compartimentação e mobiliário se integram num ambiente totalmente flexível de forma a assegurar mobilidade necessária à futura evolução da instituição.

camara_municipal do_seixal_nuno_leonidas_ arquitectos (17)

A sustentabilidade constitui uma forte característica do projeto, presente, maiormente no  tratamento das fachadas, sobretudo no átrio que atua como um amortecedor térmico com ventilação natural, perfeitamente adaptado às diversas estações do ano.

camara_municipal do_seixal_nuno_leonidas_ arquitectos (12)

Projeto: NLA – Nuno Leónidas Arquitectos, 2010

Fotografia: José manuel

Texto: NLA – Nuno Leónidas Arquitectos

Artigo Anterior © MSB Arquitectos Requalificação Fábrica de Manteiga / MSB Arquitectos
Próximo Artigo © Xavier Antunes Casa no Bom Jesus / Topos Atelier de Arquitectura