Casa Beaumont / Henri Cleinge Architecte

beaumont_henri_cleinge_architecte (1)

beaumont_henri_cleinge_architecte (4)

Inspirada na criação de um projeto que pudesse ser experimentado pelos cinco sentidos, a casa Beaumont evoluiu como um projeto de experimentação. A casa de design discreto, mas imponente, está localizada em um bairro de uso misto, onde edifícios residenciais convivem com pequenos e médios edifícios industriais. Apesar da integração do projeto com o entorno, uma série de características expressivas e formais o distinguem dos outros edifícios na área.

beaumont_henri_cleinge_architecte (7)

Em contraste com a tipologia de apartamentos com espaços desenvolvidos no piso térreo e no segundo andar, a casa Beaumont desafia esta composição espacial através da criação de uma planta quadrada modular onde uma unidade volumétrica é implantada no térreo e no segundo andar, e outra unidade no segundo e no terceiro andar. Esta composição espacial é uma resposta ao movimento do programa e ao aproveitamento da incidência solar, permitindo que cada unidade tenha exposição para três orientações (em lugar de só duas) e para tirar o máximo proveito da ação do sol proveniente do sul.

beaumont_henri_cleinge_architecte (15)

A característica mais notável da casa, no entanto, é o fato de que quase todas as paredes são construídas em concreto estrutural aparente com isolamento interno, tanto no interior quanto no exterior. A combinação de materiais, juntamente com o sistema construtivo utilizado, permitiram a criação de espaços modulares com grandes aberturas, as quais ajudam a iluminação eficiente dos interiores.

beaumont_henri_cleinge_architecte (10)

O espaço central é o maior volume, onde uma sala com pé direito duplo é definida por superfícies de concreto e madeira. Nela, a suavidade dos armários de nogueira e o teto de cedro contrastam com a dureza das paredes de concreto aparente. A paleta de materiais é reduzida e otimizada, paredes de concreto aparente e aço corten, tetos de cedro e pisos de cimento estão presentes por toda a casa. Outros elementos secundários, tais como móveis de nogueira com superfícies de granito preto também são destaque dentro da composição formal e funcional da casa.

beaumont_henri_cleinge_architecte (6)

Projeto: Henri Cleinge Architecte

Localização: Montréal, Canadá

Ano: 2011

Área: 298,00 m2

Fotografia: Marc Cramer

Texto: Henri Cleinge ArchitecteTradução, Adaptação: archtendencias

Artigo Anterior © Iwan Baan Hotel Fogo Island / Saunders Architecture
Próximo Artigo © GGlab / Danilo Spiga Fluidity / GGlab + Paulo Flores